ASSOCIAÇÃO DE SENHORAS DE ROTARIANOS

Casa da Amizade de Blumenau

                                       Home Acima Procurar

 

 


Home
Acima
 

 

 

Projeto: Vai Vai Começar a brincadeira com a turma do Planeta Azul, Por um Mundo Melhor.

obs: Projeto encerrado na gestão 2008/2009

2-Identificação Do Projeto/Programa/Serviço/Benefício

O Centro de Educação Infantil Robert Rudolf Barth, atende cerca de 190 crianças, no horário das 6:45 horas até as 18:30 hs do bairro Itoupavazinha.

A ASR implantou no CEI na área de educação o projeto Planeta Azul – Por Um Mundo Melhor com parceria da Fundação Mokiti Okada atendendo 23 crianças na faixa etária de 3 a 5 anos.

A ação desenvolve a capacidade participativa, a colaboração e a consciência coletiva da criança, através de experiência pautada na prática constante dos valores espirituais, morais, culturais e éticos.

Esta ação visa o fortalecimento dos vínculos familiar e social, o direito de brincar, ações de socialização e de sensibilização para defesa do direito das crianças de 3 a 5 anos. Com suportes educativos, lúdicos, recreativo, ampliação do universo informacional.

Este Projeto será ampliando ainda na gestão 2007/2008 para o Cei Paulo Zimmermann e a Escola Hermann Hamann, assim que possuir recursos financeiros para suporta-lo. E além desses, outras escolas e CEI que tiverem interesse em participar do Projeto, que estimula os valores de educação, moral e civismo.

2.4- Público Alvo/Metas:


Público Alvo

  • Crianças na faixa etária de 3 a 5 anos de idade do bairro Itoupavazinha, que são atendidas dentro do Lar Roberth Barth

  • A curto prazo ampliação para CEI e escolas municipai


Meta

  • 23 ao mês.

2.5- Modalidade de Atendimento e Ação Desenvolvida:

  • Serviços para crianças de 3 a 5 anos que visem o Fortalecimento dos Vínculos Familiares, o direito de brincar, ações de socialização e de sensibilização para a defesa dos direitos das crianças. Questões de educação, moral e Civismo

  • Atendimento Jornada Parcial e Integral á criança de 3 a 5 anos – educação infantil.

  • A curto prazo ampliação para CEI e escolas municipais.


2.6- Ação executada desde: -

01/09/2005 - Longo Prazo

Identificação

3- Desenvolvimento do Projeto:


3.1. Histórico da Instituição:

A Associação de Senhoras Rotarianos de Blumenau- Casa da Amizade está presente atuando sempre e preocupada em oferecer atendimento social em que o ser humano é considerado e tratado como sujeito de direito. Mantém o compromisso com a sociedade Blumenauense investindo em ações e projeto que contribuem para o bem-estar e a qualidade de vida das famílias, crianças e adolescentes menos favorecidas.

A cidadania, a saúde, a educação são metas principais do plano de ação da associação, tem por finalidade assistir e orientar entidades não governamentais e governamentais elaborando projetos e programas sociais, campanhas de doações, eventos.

O quadro social conta hoje com 240 sócios, sendo 223 sócias efetivas e 17 sócias colaboradoras, é composto pelas seguintes categorias de associados:

Associadas fundadoras, aquelas que assinaram a ata de fundação da Casa da Amizade, em 1966.

Associadas efetivas: as esposas, viúvas, companheiras, noivas e ex-esposas de rotarianos dos clubes de rotary da cidade de Blumenau.

Associadas colaboradoras: são senhoras da comunidade, indicadas por associados efetivas e aprovadas pelo conselho consultivo, observando sempre o limite de 30% do total das associadas.

A missão da entidade esta essencialmente ligada ao exercício da cidadania, aprendizado, participação, responsabilidade e estimulação as ações voluntárias, qualificadas e comprometidas com a questão social.

A ARS criou e executaram projetos, nas comunidades baixa renda, parcerias com os Rotary Club de Blumenau, empresas, associação e demais empresas privadas, pessoas física e jurídica da região. Em parceria com o Hospital Santo Antônio desenvolveu o Projeto Pimpolho e no CEI Frida Zadrozny implantou o Projeto Brinquedoteca.

Participavam da seleção de projetos sociais escritos, sendo premiados através do projeto Rosa de Prata conquistado duas vezes e destinado ao melhor trabalho social e comunitário, concorrendo com outras ARS de todos os países.

Na área da educação esta sendo desenvolvido o programa Planeta Azul, por um mundo melhor no centro de Educação Infantil Robert Rudolf Barth, atendendo 23 crianças na faixa etária de 3 a 5 anos de idade.

Ao longo desses anos, a entidade investe na melhoria da estrutura, buscando benefícios e investimentos cada vez mais adequados para oferecer ao nosso município. Para realização da ação contamos com todos empresário e colaboradores nessa jornada.

3.2. Histórico da Ação:

A Associação de Senhoras Rotarianos de Blumenau- Casa da Amizade tem o desafio da ação social e da educação. Instituições escolares, sociedade civil, organizações governamentais e não governamentais, depara-se com o desafio de preparar para a cidadania nossas crianças. Na área da educação vem implantando, em escolas das redes púbicas (municipais e estaduais) filantropia, o projeto Vai Vai Vai Começar a Brincadeira com a Turma do Planeta Azul por um Mundo Melhor, que objetiva a formação integral de crianças e adolescentes e auxilia os educadores do compromisso de sua profissão. O projeto Planeta Azul existe ha mais de 17 anos e surgiu a parti de uma pesquisa preliminar, realizada por três anos com cerca de 20 crianças, estudantes de uma escola pública de São Paulo. Com os temas discutidos durantes esse período em sala de aula foram elaboradas varias historias reunidos, ano 1988, em um ensaio de historias em quadrinhos, intitulado “Revista Girassol”.

Com o sucesso obtido na aplicação da Revista Girassol em algumas escolas de São Paulo, foi criado, em 1997, o Projeto Planeta Azul, o qual consistia na implantação da revista de historinhas em quadrinhos Planeta Azul-Por Um Mundo Melhor. Com apenas um ano de existência, a revista passou a ser adotada por várias escolas públicas do Brasil e comercializada em âmbito nacional.

No ano 2005 foi lançado o livro de histórias infantis “Grandes conceitos, pequenas práticas”, com lições de cidadania e respeito ao próximo. Atualmente amplia a atuação no sentido de envolver também os pais das crianças e promover o maior diálogo entre pais, professores e coordenadores da escola.

O Programa Educacional Planeta Azul foi desenvolvido pela divisão Educacional da Fundação Mokiti Okada que faz parceria com ASR. O motivo da implantação do Programa é devido o processo de aprendizado da criança e muito importante não somente para aquisição de conhecimentos, mas também para a formação de cidadãos plenamente reconhecidos e conscientes de seu papel em nossa sociedade, é um projeto que pode criar um mecanismo capaz de possibilitar o desenvolvimento da criança, como também da escola que ela estuda, comunidade que ela vive, vínculos familiares.

Em Blumenau a ASR desenvolve inicialmente o projeto no centro de Educação Infantil Robert Rudolf Barth, com objetivo de resgatar, os valores esquecidos em nossa sociedade. A entidade, atende as necessidades das famílias, possibilitando às crianças a permanência das mesmas no período integral, matutino ou vespertino,desenvolvendo-a nos aspectos afetivo, cognitivo, motor entre outros.

Porém possui objetivo de ampliar no próximo ano o Projeto em mais CEIs e escolas, inicialmente no Cei Paulo Zimmermann e a Escola Hermann Hamann. Para tanto necessita ainda conseguir obter recursos financeiros.


3.3. Descrição da Estrutura Física


A estrutura do Centro Educacional Roberto Rudolf Barth, conta com três prédios distintos: Barth 1 (primeira construção), Barth 2 (antigo “Casa da Criança”) e Barth 3 inaugurado recentemente (06 de setembro 2006)

O projeto educacional Planeta Azul por um Mundo melhor é desenvolvido no Barth 2 antiga Casa da Criança, o espaço conta com 04 salas de aula, 01 biblioteca, 01 sala de televisão, 05 banheiros, 01 sala para os seus profissionais da educação, 01 secretaria, 01 refeitório, 01 cozinha, 01 dispensa, 01 lavação, 01 depósito e mais 02 parques localizados na parte externa do Centro de Educação. A educadora do projeto utiliza 01 sala de aula, 01 banheiro e o pátio.


3.4. Justificativa:

A Associação de Senhoras de Rotarianos de Blumenau-Casa da Amizade, é uma associação civil sem fins lucrativos reconhecida de utilidade pública municipal, estadual e federal. Sua sede localiza-se na rua Amadeu da Luz, 122-sala 72, Blumenau-SC.

É uma associação que busca fazer um trabalho altruísta e solidário que está ligado ao exercício da cidadania. A ASR investe na educação no Centro de educação Infantil Robert Rudolf Barth que sede espaço da associação de moradores da rua Botuverá, está comunidade está inserida no bairro Itoupavazinha, que se localiza na margem esquerda do Rio Itajaí-Açu, na rua Carlos Duwe, 204. Atualmente atende 190 crianças e 31 servidores.

O motivo que levou a implantação do Programa Educacional Planeta Azul foi para preparar as crianças para um melhor convívio e aproveitamento nas salas de aula e em seu cotidiano, é considerada uma atividade positiva que auxilia no desenvolvimento pedagógico.

Devido ao sucesso e o reflexo do aprendizado no dia a dia das crianças que estão participando do Projeto, a ASR – Casa da Amizade pretende extender o mesmo inicialmente para o CEI Paulo Zimmermann e para a Escola Hermann Hamann.

A ferramenta pedagógica que vem sendo usada pelo CEI há um ano e seis meses na sala de aula, vêm estimulando a criatividade e a sensibilidade das crianças. É utilizados gibs, revistas, jornais e materiais didáticos que aproximam as crianças e ajudam na socialização.

Programa cujos personagens ajudam até o combate a violência e á agressividade entre crianças, os pais começam a vir até o CEI, e pergunta o que está acontecendo e relatam a mudança do comportamento dos filhos em casa. Trabalhar o respeito ao próximo é básico. Isso deveria estar oficialmente no programa de todas as escolas. A ASR é patrocinadora e promotora do programa Educacional Planeta Azul-Fundação Mokidi Okada que é uma entidade jurídica de direito privado sem fins lucrativos, considerada de unidade pública, federal e estadual.

A fundação desenvolve projetos nas áreas de atuação: Educação, Científica, Cultural, Esporte, Meio Ambiente, Agricultura Orgânico e Saúde, visando à construção de um mundo melhor.


3.5. Objetivos

3.5.1. Objetivo Geral


Promover na área da Educação o Programa Educacional Planeta Azul em CEIS escolas de redes, municipal e estadual, e organizações governamentais e não governamentais, resgatando os valores morais, intelectuais, culturais esquecidos na nossa sociedade.


3.5.6. Atividades

  • Contribuir para melhoria e formação da criança na educação.

  • Desenvolver sua capacidade de criativa participativa, e consciência coletiva.

  • Incentivar a participação dos pais nas atividades escolares dos filhos.

  • Fortalecer o papel do educados, enquanto facilitador e multiplicador do fluxo de informações dirigidas às crianças.

  • Valorizar o trabalho lúdico pedagógico no desenvolvimento do programa Educacional Planeta Azul.

Objetivos Especificos:

  • Leituras e exercícios dinâmicos das histórias em quadrinhos Planeta Azul- Por Um Mundo Melhor.

  • Pesquisar e conhecer obras de artistas, pintores e filósofos.

  • Palestras, reuniões, com os pais e educadores do CEI.

  • Capacitação em cursos para a formação dos educadores para desenvolver o Programa Educacional Planeta Azul- Por um Mundo melhor, disponibilização de material didático.

  • Elaboração de dinâmicas e brincadeiras que despertam o interesse da criança e da criatividade.

3.6. Metodologia

Fazer a leitura das histórias constantes da revista da campanha do obrigado, e outras edições com o propósito de interar-se dos temas tratados bem como captar a essência de cada uma delas.

Relatar as experiências vivenciadas pelas crianças e observar constantemente como esta o comportamento das mesmas dentro da sala de aula, no recreio nas suas casas.

A campanha do obrigado é a partida para implantação do projeto Planeta Azul Por Um Mundo Melhor. É atividade mais importante da ação para desenvolver o programa, o professor prepara atividades através de um suporte dominado ponto de apoio, que foi desenvolvido para facilitar a ampliação da revista em sala de aula e para colaborar com o professor nas buscas nos resultados almejados.

Pesquisar sobre as obras artísticas, elaborar sua própria releitura da sua obra favorita e do artista, seja em desenho ou colagem, pintura, dramatização, em texto poético visitas em museus para comparar as obras dos artistas.

Relacionar palavras positivas que podemos incorporar ao nosso vocabulário diário para fazer outras pessoas felizes. Escolher uma atividade voluntária que possa ser iniciada dentro de sua própria classe, tal como distribuir material para os colegas, ensinar alguém que esta com alguma dificuldade na sua atividade de colagem, desenho, massinha, etc. Levar jogos e brinquedos para ser compartilhado com os colegas.

A evolução das crianças depende muito do carinho, da sabedoria e dedicação do professor. As aulas são administradas uma vez por semana no CEI. O professor utiliza revista em sala de aula, incentivando-o a estimular o processo de desenvolvimento da criatividade, espontaneidade, iniciativa e vontade própria nas crianças.

Os professores enviam relatórios periódicos, para o Programa Educacional Planeta Azul constando os relatos de experiências dos alunos, pais e professores, as práticas e estratégias utilizadas na sala de aula. Da análise de acervo de relatórios recebidos, material de pesquisa de incalculável valor, conclui-se que os resultados estão sendo alcançados em maior ou menor escala conforme a realidade de cada escola, a metodologia eleita e estágio de compreensão do professor sobre a sua missão como educador, e do reconhecimento do real papel do aluno no alcance da realização profissional daqueles que são os responsáveis por sua formação moral, intelectual e espiritual.

A periodicidade acompanhamento técnico no tocante a palestras, cursos e outros eventos, acontece conforme contato de trabalho entre a Fundação Mokidi Okada e as unidades Educacionais.

O acompanhamento da equipe técnica da Fundação Mokidi Okada acontecerá sistematicamente, quando serão coletados dados sobre o desenvolvimento do projeto no Centro de Educação Infantil através de relatórios individuais enviados pelo coordenador do projeto e o educador. Os pais são convidados a participar de reuniões e palestras.


4- Indicação de Avaliação

Atividade

Indicador Quantitativo e/ou Qualitativo / Meio de Verificação
 

  1. Leituras e exercícios dinâmicos das historias em quadrinhos Planeta Azul-Por Um Mundo Melhor.

  • Números de alunos para participam de leitura do Programa Planeta Azul.

  • Números de revistas lidas.

  • Números de exercícios desenvolvidos.

  • Grau de interesse das crianças na ação.

  • Lista de presença.

  • Registro de livros.

  • Através de observação verbal.


2- Pesquisar e conhecer obras de artistas, pintores e filósofos.

  • Números de pesquisas realizadas.

  • Números de obras acessadas.

  • Grau de interesse na atividade.

  • Lista de pesquisa realizada.

  • Avaliação verbal escrita.

3- Palestras, reuniões, com os pais e educadores do CEI.

  • Números de reunião com os pais.

  • Números de dinâmicas e palestras.

  • Grau de satisfação dos pais quanto atividade.

  • Lista de presença.

  • Avaliação de relatório mensal e anual.

  • Avaliação com os pais.

4- Capacitação em cursos para a formação dos educadores para desenvolver o Programa Educacional Planeta Azul- Por um Mundo melhor, disponibilização de material didático.

     

  • Números de cursos realizados, disponibilizado para estudos.

  • Números de reunião com a equipe técnica da fundação Mokiti Okada, referente à capacitação.

  • Número de certificado para educadores.

  • Grau de desempenho dos educadores, no curso de capacitação.

  • Registro de livros acessados.

  • Avaliação do curso semestral.

  • Avaliação com os professores.

5- Elaboração de dinâmicas, brincadeiras que despertem o interesse da criança e da criatividade.

  • Números de participação das crianças, nas brincadeiras e jogos.

  • Números de dinâmicas.

  • Grau de manifestação das crianças.

  • Observação dos cursos pelos professores.

  • Avaliação mensal com os alunos.

7. Bibliografia
 

  • SILVA, M.B.GRIGOLOT.M. Metodologia para iniciação a prática da Pesquisa e extensão II. Educação a Distancia UDESC. Florianópolis 2002.

  • BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Circular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1988.

  • CENPC - Centro de Estudos em Educação Cultura e Ação Comunitária. Tecendo Redes para Educação Integral. São Paulo: Copyright By:2006.

  • SAKAMOTO. KOJI. Planeta Azul Por Um Mundo Melhor. Método Educacional Mokiti Okada. São Paulo: Ed. Gráfica: 2000.

  • ABREU, MARIZA, VASQUES. DE. Projestão: Como Desenvolver a gestão dos servidores na escola? Modulo VIII. Brasília: Consed:2001